Monica Iozzi e Maíra Charken desafiam regras da Globo

Monica Iozzi nunca foi o tipo de pessoa a ter papas na língua. Desde seus dias de "CQC", a apresentadora sempre se mostrou muito certa de suas convicções e nunca se deixou ser controlada ou retraída por ninguém.

Na Globo, muitos acharam que ela seria mais comedida. Erraram. No "Vídeo Show", teve toda a liberdade para falar besteiras, fazer piada e controlar o programa com uma naturalidade que faltava na bancada do vespertino.

Agora, fora do comando do "Video Show", Monica tomou conta das redes sociais para dizer o que pensa sobre a política do Brasil, ignorando o veto da emissora em relação a posicionamentos políticos. Suas postagens do Twitter confirmam que ela sabe bem o que está fazendo e não tem intenção nenhuma de se censurar por causa disso.


Ao mesmo tempo, sua substituta no programa, Maíra Charken, segue seus passos, expressando no Facebook sua indignação com nomes como Eduardo Cunha e Jair Bolsonaro.




4 comentários:

  1. Vou comentar!!!! Não, não vou cometar, essa porra da esquerda, não merece comentário nenhum !!!!! A outra vai pelo mesmo caminho, ou seja, vale porra nenhuma !!!!!

    ResponderExcluir
  2. Por que não publica meu comentário ? É medo ?

    ResponderExcluir
  3. É outra idiota que adora um CUmunista!

    ResponderExcluir
  4. se mata então mané Permissionario

    ResponderExcluir