Em livro, Andressa Urach narrará detalhes de noitadas e festas particulares

Na biografia “Morri para Viver”, programada para ser lançada em agosto, Andressa Urach vai revelar alguns detalhes sombrios da sua trajetória de vida.

De acordo com o portal UOL,  o livro conta como Andresa se tornou uma das prostitutas mais caras e desejadas do país e casos secretos com clientes ricos e famosos que envolvem empresários milionários, cantores, jogadores de futebol, artistas, bandidos e religiosos.

Seu nome de guerra quando prostituta era Ímola. A biografia de Andressa também narrará detalhes de noitadas e festas particulares, da sua relação com as drogas, do vício em fazer cirurgias plásticas e de como se inventa a fama no universo das celebridades.

“Confesso que foi preciso coragem para contar tudo. Venci a vergonha de um passado sujo para tentar estender a mão para quem se considera em um beco sem saída”, escreveu ela na rede social, para promover o livro.


No início desse ano, a modelo passou dias internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em decorrência de uma infecção na perna originada pelo uso de hidrogel. Com a saúde restabelecida, saiu do hospital dizendo-se transformada. Em seguida, converteu-se à religião evangélica pela Igreja Universal do Reino de Deus, onde foi batizada.

3 comentários:

  1. Eita nois.... acabou os 15 minutos da UTI, virou crente, acabou esses, lança livro contando que era prostituta? kkkkkkk Cuidado ae Lula, amanhã é Urach pra presidente!

    ResponderExcluir
  2. Essa ai tá dando tiro para tudo que é lado agora...

    ResponderExcluir
  3. ela é muito escrota sombria até no nome de guerra essa eu não comia nem de graça

    ResponderExcluir