Vocalista do Slipknot xinga Taylor Swift: "vendedora de calcinhas comestíveis"

Em entrevista para a revista NME, o vocalista do Slipknot, Corey Taylor, criticou bastante os astros por conta de suas músicas comerciais.

Durante a entrevista o vocalista disse  que nem o Tidal e a Apple Music procuraram o Slipknoa   para fazer parcerias, porque as músicas da banda não vendem nada.

“Está tudo bem para mim. Não estou nem aí! Deixem os malditos Taylor ‘Shits’ (merdas) e One ‘Erections’ (ereções) venderem seus refrigerantes e suas calcinhas comestíveis. Não estou nem aí para nada disso”, desabafou.

Ele ainda disse que desistiria da carreira caso chegasse ao ponto de  compor uma música pensando no quão ela é comercial.


Taylor acredita que está cada vez mais complicado para os artistas trabalharem, já que a tecnologia está dominando o mundo – como o Tidal, Spotify e Apple Music “barateando” músicas. “Eu fico surpreso das pessoas não terem largado suas ferramentas e falarem ‘dane-se, estou fora!'”.

2 comentários:

  1. Traduzindo... o cara ta puto por que faz um monte de musica merda, que nem ele consegue ouvir e fica de Mimim por que os adolescentes estão comprando e consumindo a musica de outros. Bem tradicional isso, os amantes da musica clássica agiram dessa mesma forma, quando o rock os desbancou das paradas de sucesso.

    ResponderExcluir
  2. Tanto ele quanto a Taylor quanto os mongolões do One Gayrection são um bando de bostas. Slipixote é mais chato do q ouvir Justin Barbie, e ele ainda tápagando de Rockstar em prolda Música de Verdade; ninguém merece ficar ouvindo o choro de caras que nem ele -_-

    ResponderExcluir