Rose McGowan é demitida depois de reclamar de sexismo em filme de Adam Sandler

A atriz e diretora Rose McGowan ("À prova de morte", "Planeta Terror", "Machete") contou que foi demitida por seu próprio agente por denunciar sexismo em um processo de audições para um filme de Adam Sandler.

McGowan usou o Twitter na semana passada para protestar contra uma especificação que recebeu em um roteiro. A nota informava que as atrizes deveriam exibir seu decote durante a leitura do script. Mais tarde, ela revelou que o pedido foi para um filme não especificado de Adam Sandler e na última quarta (24), a atriz informou também via Twitter que havia sido demitida por seu agente por reclamar da exigência.

"É tudo tão idiota", disse McGowan em entrevista ao programa Entertainment Weekly. "A parte que mais me fez rir foi quando o texto disse: 'Não deixe de ler o roteiro para entender o contexto da cena'".

"Mas eu fiquei ofendida por que isso passou pelas mãos de tantas pessoas e ninguém se manifestou", continuou McGowan. "Isso é normal para tantas pessoas. E provavelmente ainda foi uma garota que teve que escrever isso. É algo institucionalmente aceito."

A atriz, que fará sua estreia como diretora de cinema no suspense "The Pines", disse que ela tem lutado contra o sexismo em Hollywood durante vinte anos. "Quando eu fiz meu primeiro filme, meu agente disse que eu precisaria ter cabelo comprido para que os homens desta cidade quisessem transar comigo e me contratar", contou. "Isso foi dito a uma garota de 17 anos."


Nenhum comentário:

Postar um comentário