"Não se cria mais nada na TV, todos chupam tudo", diz Marlene Mattos

Marlene Mattos conheceu a fama e o poder nos anos 90, ao ser uma das diretoras mais influentes da televisão brasileira. Ela foi responsável direto pelo surgimento e pelo sucesso de Xuxa.

Marlene também confidenciou que a volta à TV se deu justamente no momento em que ela nem pensava mais em trabalhar no meio, que considera cada vez mais igual e sem criatividade.

Depois de 19 anos na Globo, ela ficou na Band, como diretora artística, por dez meses, onde apostou em Preta Gil como apresentadora do programa "Caixa Preta". Sua última passagem pela TV aberta foi em 2009, no SBT, quando dirigiu Netinho de Paula no "Show da Gente".

Fã de séries e realities shows, ela está com vários projetos na linha de shows e apostando suas fichas em apresentadores desconhecidos.

“Hoje está tudo muito igual. Nesse mundo globalizado, não se cria mais nada na televisão, todos chupam tudo. Pega um formato ali, compra um formato aqui, adapta um formato lá e vai misturando, misturando... É por isso que existem muitos programas ruins. Não vou falar nomes, mas existem atrações fracas, em todas as emissoras”, disse Marlene ao Portal UOL.

Marlene assina o projeto do canal pago E+TV onde Zilu  será uma das apresentadoras do “Assim Somos”. O programa terá também a participação das apresentadoras Adriana Sorrentino e Karol Veiga. Ela também vai dirigir Nicole Bahls em um programa sobre saúde e beleza. “Essa menina tem estrela. É um diamante a ser lapidado, disse Marlene ao jornal Extra”

Nenhum comentário:

Postar um comentário