Homens que tiram muitas selfies podem ter traços de comportamento psicopata

Segure o dedo na hora de publicar selfies. Segundo um estudo realizado pela Ohio State University, nos EUA, homens que tiram muitas fotos de si mesmo podem esconder traços de comportamentos narcisistas e até psicopatas.


Após questionar 800 homens de 18 a 40 anos e analisar suas redes sociais, os pesquisadores responsáveis pelo estudo concluíram que, embora os que publicam mais selfies apresentem sinais ligados ao narcisismo e psicopatia, como a impulsividade em tirar a foto e querer publicá-la imediatamente, não significa que temos maníacos à solta, mas que esses homens em questão têm traços classificados como anti-sociais acima da média.

"Não é uma surpresa que os homens que publicam muitas selfies e gastam mais tempo editando suas fotos são narcisistas. O interessante é que eles apresentam mais traços de uma personalidade anti-social, de psicopatia e maior propensão para auto-objetificação", diz Jesse Fox, professora assistente de comunicação na faculdade, ao jornal The Telegraph.

Ela também explicou que, no caso, o narcisismo seria a tendência do homem pensar que é sempre mais inteligente, atraente e, de uma maneira geral, melhor que os outros. Já a psicopatia seria a falta de empatia e de interesse pelos outros, além de um comportamento impulsivo.


"Nós sabemos que auto-objetificação causa coisas terríveis como depressão e transtornos alimentares nas mulheres. Com o crescimento das redes sociais, todos estão preocupados com a aparência. Isso significa que a auto-objetificação pode ser um problema grande para os homens, assim como já é para mulheres", completa Jesse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário