Chris Rock faz piada com 11 de setembro e Maratona de Boston e causa polêmica na internet

O comediante de stand-up Chris Rock participou do  "Saturday Night Live", do último sábado (1), envolvendo o atentado na Maratona de Boston ocorrido em 2013 e com o 11 de setembro.

"Aquela Maratona de Boston foi provavelmente o mais assustador e sádico ataque terrorista da história. Pense nisso: 41 quilômetros. As pessoas estavam correndo por 41 km, seus joelhos estão doendo, seus pés estão lhes matando, se você é  mulher, tem sangue saindo de seus peitos. Você  treinou por um ano, e quando você  finalmente chega à  linha de chegada, algum gritam: 'corraaa!'", brincou Rock.

Em seguida, o ator discutiu sobre os ataques do 11 de setembro de 2001 e sobre a Torre da Liberdade, que está sendo construída no local do atentado, em Nova York.

"Deveriam mudar o nome da Torre da Liberdade para 'Torre do Nunca Vou Entrar Lá', porque eu nunca entrarei lá. Quem é o patrocinador disso? Eles colocam outro arranha-céu no lugar? Eu jamais entrarei na Torre da Liberdade. Fui roubado na esquina na rua 48 com a 8 uns anos atrás e nunca mais voltei na esquina da 48 com a 8", continuou.

Já temendo alguma represália pela piada, ele reiterou: "Ei, ei, não  estou fazendo piada com o 11 de setembro, mas vivemos na América e na América não hádias sagrados, porque comercializamos tudo".


Antes mesmo de Rock terminar sua apresentação no programa, seu nome já estava entre os assuntos mais comentados do Twitter, com comentários furiosos de todos os lados. (Folha de S.Paulo)

Um comentário: