“Big Brother” faz mal à população brasileira, diz ex-diretor global

À frente da série “3 Teresas”, do GNT, Luiz Villaça criticou o "Big Brother", uma das produções de mais audiência da Globo.

Em entrevista à Folha de S.Paulo , o diretor comparou o reality show a uma dramaturgia ruim. "Eu brinco com o elenco que não pode entrar para fazer 'ceninha'. Se não vira 'Big Brother', que não me interessa em nada", alfinetou.

"Zero de interesse. Aliás acho que faz um mal para a população brasileira", continuou Villaça.

Ele já dirigiu séries de sucesso na emissora, como "Retrato Falado" (2000-2004), estrelado por Denise Fraga, sua mulher.


O "BBB" deve estrear sua décima quinta temporada no Brasil em janeiro deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário