Denise Rocha sobre fama de porca: “Não olhava para a calcinha de ninguém!”

Alvo de comentários e piadas sobre falta de higiene, Denise Rocha, a segunda colocada da Fazenda 6, passou por maus bocados durante o confinamento no reality da Record sobre a tão fama de porca. Segundo os colegas de confinamento, a advogada não tomava banho, não se limpava, incomodando os demais participantes.

Andressa Urach foi a primeira a atacar a advogada, afirmando que a Furacão da CPI “fedia”.  

— Ela fede! A cabeça dela fede! Ela ficou uma semana sem lavar a cabeça. Uma vez tive que juntar um protetor diário dela do lixo, acredita?! Porque ela é incapaz de saber o que é reciclável e o que não é...

A vice Miss Bumbum ainda comentou uma cena ainda mais revoltante.

— Ela lavava a parte íntima numa ducha que era mais alta. O sangue e as fezes do bumbum da moça ficavam pelo vaso sanitário, pelas paredes, e a faxineira aqui é que tinha que limpar

Paulo Nunes, ex-atacante do Grêmio, também não poupou comentários sobre a ex-peoa.

— A pessoa que mais me deu nojo com certeza foi a Denise, pelo fato de ser muito porca, não ter higiene pessoal nenhuma. É absurdo o que aconteceu lá... de não se limpar, não tomar banho. Nunca vi uma pessoa daquele jeito.

E por mais que Denise se limpasse ou não, uma cena chocou o público de casa: foi quando a advogada devolveu para as panelas o resto de comida que havia sobrado em seu prato. Oliver que presenciou o fato ficou indignado com a atitude da advogada e disparou:

— Que coisa nojenta! A comida que sobrou do seu prato, devolver desse jeito!  O Brasil inteiro está vendo!

Com raiva, na ocasião, Denise rebateu.

— Vai para o raio que o parta!
Denise, no entanto, se defende, dizendo que os “porcos” na verdade eram os ex-companheiros de reality.

— Eu vim para o reality não para ficar olhando a calcinha de ninguém. Eu vim aqui, sim, para dar opinião, porque as pessoas que estão aqui são formadoras de opinião. Eu queria um reality diferente, um reality de verdade e com justiça.


Nenhum comentário:

Postar um comentário